domingo, 30 de dezembro de 2007

Bom ano de 2008

A gerência e todo o staff do Sol desejam a todos os clientes, fornecedores, concorrentes, simpatizantes, antipatizantes e indiferentes, assim como o resto do mundo, um excelente ano de 2008. Este sincero desejo não se estende aos ministros do mais abjecto governo de todos os tempos neste país. Para esses, 15 dias de fome seria a melhor sorte.

terça-feira, 25 de dezembro de 2007

Poesia já dia 27

É já nesta quinta que haverá a 47ª sessão de poesia numa jam-poética sob o tema "Purgai os males do ano e lava a cabeça". Mais palavras para quê?!!

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Às voltas com Cão Amarelo

A Mostra Internacional de Cinema Alternativo “CÃO AMARELO”, decorrida de 6 a 9 de Dezembro teve a sua inauguração aqui no Sol mói. O evento, organizado pelo António Xavier e Aleksandra Chomicz (entre outros colaboradores), seguiu um alinhamento especial que intercalou a cinefilia com cinofilia. A cinefilia pautou-se com a mostra de três curtas-metragens: a primeira “Bait de Alex Pearson (London Fil School - 2006); a segunda, bastante poética, foi a “Notes” de Kamila Chomicz (Polónia -2007) cuja realizadora presenciou a mostra; e finalmente uma curta de animação “Tree for Two” de Joel Furtado (Canadá - 2006). A cinofilia com cães de papel e de plástico foi expressa em poesia cino-performativa e boa disposição.
O bar foi transformado num verdadeiro cinema com um ecrã de 2,10m 1,80m e com decoração alusiva ao evento. A sessão cine-cinófilo-amarela, que não se quis solene, começou por volta das 22:15h e, a bom ritmo, terminou a cerca de uma hora depois.


Maló com a primeira intervenção e com um cachorro ao colo.



"Leafar" o grande poeta popular do Pinhal Novo, leu um dos seus poemas:



Cristina numa súbita e agradável intervenção (que não estava prevista no alinhamento). Isso é que é intuição feminina!!!

! Oh.skar numa verdadeira performance cino-videográfica.

Performance cine-verdadeira por !Oh.skar gráfico.

O poeta atado à coleira cinéfila



Aleksandra em poesia

***
Depois da sessão de cinema Cão Amarelo, veio logo de seguida a 46ª sessão de poesia com os tais do costume que gostam de brincar com as palavras.




Flankus



Rui

K!m Pr!su


No dia seguinte, sexta-feita, os "Espírito Nativo" deram um excelente concerto de música do mundo.





No sábado, ao longo da noite, foram ainda exibidos no Sol mói o Pai mais quatro filmes.

Para saber mais sobre este festival ligar a http://www.caoamarelo.org/

Estão ainda à venda no Sol mói, até dia 27 de Dezembro as T-Shirts oficiais do festival (6€). É a última oportunidade para ficar com o souvenir deste evento.

Como o balanço foi positivo, é bem provável que para o ano haja mais ;-)